• Início
  • Amazonas
  • Reunião entre governador e ministro define rota da Tocha Olímpica em Manaus

Reunião entre governador e ministro define rota da Tocha Olímpica em Manaus

(Foto: Valdo Leão/Secom)
MANAUS – A Tocha Olímpica chega dia 19 de junho em Manaus, onde irá percorrer 32 quilômetros, passando pelas principais ruas e pontos turísticos da cidade, como Arena da Amazônia, Teatro Amazonas e Ponte Rio Negro, finalizando com uma grande celebração na praia da Ponta Negra. A Tocha será conduzida por 174 pessoas. No dia 20, o símbolo do Jogos Olímpicos estará nas cidades de Iranduba e Presidente Figueiredo. As datas foram confirmadas na terça-feira, 2, durante reunião entre o governador do Amazonas, José Melo – Pros, e o ministro do Esporte, George Hilton.

O encontro para tratar do revezamento da Tocha Olímpica contou com a participação de prefeitos e representantes dos ministérios do Turismo, Cultura, Defesa, Justiça e da Secretaria de Governo da Presidência da República, além do Comitê Organizador dos Jogos Rio 2016. O governador ressaltou o engajamento do Estado e a parceria com a Prefeitura na condução dos preparativos e disse que o capricho no trabalho tem como objetivo superar o êxito alcançado durante a Copa do Mundo.

O ministro George Hilton, disse que Manaus é um “case” de sucesso das Olimpíadas no Brasil e tem servido como exemplo de empenho para receber os jogos. “Esse é um ‘case’ importante para nós porque o país é muito grande e você tem, às vezes, divisões políticas que dificultam o bom desempenho. Mas aqui a gente percebe claramente uma unidade importante e a prova é que a Copa do Mundo transcorreu com sucesso e tenho a certeza que nas olimpíadas não será diferente”, destacou o ministro.

“Manaus é um exemplo e acredito que isso é fruto de um trabalho bem organizado de uma gestão que objetiva oferecer sempre todas as condições. Isso coloca Manaus no radar do Ministério do Esporte para que outros eventos nacionais e internacionais aconteçam na cidade”, disse George Hilton. “Estaremos nos principais pontos turísticos da cidade, mas também nas zonas leste e norte. Isso é um desejo da Prefeitura de Manaus, de poder dividir com a população esse momento que é a celebração da tocha olímpica. Estamos preparando uma grande celebração”, frisou o titular da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos, Bernardo Monteiro de Paula.

O Comitê Olímpico deve divulgar em maço os condutores selecionados. Segundo o coordenador estadual do Comitê Manaus 2016, Mário Aufiero, um percurso especial incluirá as cidades de Iranduba e Presidente Figueiredo. Serão realizadas operações especiais em que a chama será transportada, via fluvial e aérea, por comunidades indígenas e ribeirinhas. “Nessas duas rotas queremos mostrar a fauna e a flora amazônica e as comunidades tradicionais indígenas. São lugares muito importantes, e que estão dentro da região metropolitana. Gostaríamos de levar para mais lugares, mas não haverá tempo”, disse Mário Aufiero.