• Início
  • Amazonas
  • PSS da Seduc vai selecionar professores para atuarem nas unidades prisionais do Amazonas

PSS da Seduc vai selecionar professores para atuarem nas unidades prisionais do Amazonas

(Foto: Bruno Kelly)
MANAUS – De 11 a 17 de fevereiro vão estar abertas as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado – PSS da Secretaria Estadual de Educação – Seduc, que está disponibilizando 49 vagas para professores temporários que vão atuar nas unidades prisionais do Estado instaladas em Manaus. As inscrições podem ser feitas no site da Seduc (www.educacao.am.gov.br). O candidato deve imprimir o formulário, que deverá ser entregue, preenchido, no período de 15 a 19, das 8h às 14h, na Coordenadoria Distrital de Educação 01 da Seduc.

A Coordenadoria fica na avenida Tefé, esquina com a rua Urucará, bairro Cachoeirinha – zona Sul. As vagas são para professores de Ciclo (Ensino Fundamental), Educação de Jovens e Adultos (Língua Portuguesa e Língua Inglesa), Educação de Jovens e Adultos (Matemática e Física), Educação de Jovens e Adultos (Química e Biologia), Educação de Jovens e Adultos (Geografia, História, Sociologia e Filosofia), Educação de Jovens e Adultos (Ciências e Religião) e Educação de Jovens e Adultos (Educação Física). A carga horária é de 40 horas semanais e o salário de R$ 3.246.

O processo seletivo consistirá na análise dos documentos do candidato e será dividido em duas fases. A primeira fase, que tem caráter eliminatório, compreende o exame dos documentos. A segunda fase, de caráter classificatório, será exclusivamente para os candidatos aprovados na primeira fase, de acordo com os critérios especificados no edital do certame. O resultado preliminar do PSS será divulgado no dia 23 de fevereiro de 2016. Nos dias 24 e 25 será o prazo para recursos. A relação final dos candidatos aprovados será divulgada no dia 7 de março.

Os professores selecionados atuarão no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Regime Fechado, Semi Aberto e Feminina), Centro de Detenção Provisória Masculina, Centro de Detenção Provisória Feminina, Instituto Penal Antônio Trindade, Unidade Prisional do Puraquequara, Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico e Regime Semi Aberto Feminina (antiga Casa do Albergado) e nos Centros Sócio Educativos (Dagmar Feitosa, Marise Mendes e Raimundo Parente), cujo atendimento educacional é de responsabilidade da escola estadual Josephina de Melo.