• Início
  • Amazonas
  • Estudantes amazonenses com medalha em Matemática podem concorrer a bolsa de estudo

Estudantes amazonenses com medalha em Matemática podem concorrer a bolsa de estudo

(Foto: Divulgação/Seduc)
MANAUS – O Instituto TIM está oferecendo 50 bolsas de estudos no valor de R$ 1,2 mil mensais para estudantes amazonenses de baixa renda, que que conquistaram medalhas de ouro, prata ou bronze em alguma das edições da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – OBMEP e que este ano foi aprovado no Exame Nacional do Ensino Médio – Enem, fazer um curso superior. As inscrições podem ser feitas até o dia 15 de fevereiro no site (www.obmep.org.br).



Além de comprovar que foi premiado com medalha de ouro, prata ou bronze em edições da OBMEP, o estudante terá que comprovar que é de família de baixa renda e que foi aprovado no Enem para estudar Medicina, Economia, Arquitetura, Astronomia, Biologia, Computação, Engenharia, Estatística, Física, Matemática ou Química. As bolsas de estudo visam prestar auxílio financeiro para que jovens talentos oriundos de famílias de baixa renda possam cursar o ensino superior e arcar custos necessários para a sua formação.

O estudante deverá preencher o formulário de inscrição e enviar pela internet juntamente com uma carta descrevendo seus projetos pessoais, acadêmicos e profissionais, cópia do comprovante do resultado no Enem, cópia do histórico escolar do ensino médio, cópia do comprovante de admissão em um curso na área desejada, documento que deverá ser emitido por uma universidade pública no ano de 2016, cópia do comprovante de residência e cópia do comprovante de renda familiar. A seleção será feita por uma comissão formada pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada - IMPA e pelo Instituto TIM.

A seleção levará em conta o mérito acadêmico do estudante, evidenciado no resultado do Enem e nas diversas edições da OBMEP, além de tomar como base a renda familiar per capita e a relevância do apoio financeiro na viabilização da trajetória acadêmica e profissional do jovem. Conforme estatística, 18 milhões de alunos brasileiros participaram, em 2015, da OBMEP. No Estado do Amazonas, os estudantes da rede pública estadual de ensino finalizaram a competição educativa conquistando quatro medalhas de ouro, 13 medalhas de prata e 86 medalhas de bronze, além de 582 menções honrosas.