• Início
  • Economia
  • Tribunal Regional Federal vai realizar concurso público com 20 vagas

Tribunal Regional Federal vai realizar concurso público com 20 vagas

As vagas oferecidas são para cargos de níveis superior e médio (Foto: Divulgação)MANAUS – No período de 13 de setembro a 3 de outubro serão realizadas as inscrições para o concurso público do Tribunal Regional Federal da 1ª Região - TRF, que abrange o Distrito Federal e os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins. Estão sendo oferecidas 20 vagas para início imediato e para formação de cadastro de reserva em cargos de níveis superior e médio. As inscrições podem ser feitas pelo site (www.cespe.unb.br/concursos/trf1_17_servidor). A taxa é de R$ 86 para nível superior e R$ 75 para nível médio.

 

De acordo com o edital do certame, os salários são de R$ 10.461,90 para cargos de nível superior e de R$ 6.376,41 para nível médio. Os cargos de nível superior são para analista judiciário nas áreas administrativa, judiciária, judiciária na especialidade de oficial de justiça avaliador federal, e apoio especializado nas especialidades de informática e taquigrafia. As vagas de nível médio são para técnico judiciário na área administrativa, administrativa na especialidade de segurança e transporte, e apoio especializado na especialidade taquigrafia.

Do total de vagas oferecidas, 5% são reservadas para pessoas com deficiência e 20% para negros. O Cebraspe, antigo Cespe/UnB, é a organizadora responsável pela seleção.  As provas objetivas e a prova discursiva para os cargos de nível superior terão a duração de 4 horas e 30 minutos, com previsão de serem aplicadas dia 26 de novembro de 2017, no período da manhã. As provas objetivas para os cargos de nível médio terão a duração de 3 horas e 30 minutos e deverão ser aplicadas dia 26 de novembro de 2017, no período da tarde.

As provas objetivas, a prova discursiva, a prova prática de apanhamento taquigráfico, a prova de aptidão física, o procedimento de verificação da condição declarada para concorrer às vagas reservadas aos candidatos negros e a perícia médica dos candidatos que se declararam com deficiência serão realizadas nas cidades de Belém, Belo Horizonte, Boa Vista, Brasília, Cuiabá, Goiânia, Macapá, Manaus, Palmas, Porto Velho, Rio Branco, Salvador, São Luís e Teresina. O concurso terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois anos.