• Início
  • Municípios
  • MI avalia plano de resposta para repassar auxílio às vítimas da cheia no Amazonas

MI avalia plano de resposta para repassar auxílio às vítimas da cheia no Amazonas

A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) do Ministério da Integração Nacional (MI) recebeu o Plano Detalhado de Resposta (PDR) do Amazonas, por meio da Defesa Civil estadual, e está na fase final da análise para, em seguida, repassar auxílio a municípios que constam do documento. O ministro Gilberto Occhi anunciou há duas semanas, em visita ao estado, que mais R$ 5 milhões devem ser destinados às famílias vítimas das cheias desse ano.


 
A informação sobre o PDR foi assegurada pelo secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, Adriano Pereira, em audiência nesta segunda-feira (1º/6) com a senadora Sandra Braga (PMDB/AM). "Também já estamos providenciando o reconhecimento de outros municípios. Mesmo daqueles que não enviaram a documentação, mas que sabemos estarem inundados e passando por uma situação crítica", ressaltou.
 
Após o reconhecimento de situação de emergência pelo governo federal, o município pode pedir ajuda para as ações de resposta, que são aquelas voltadas a socorro, assistência e estabelecimento de serviços essenciais. "Não vai faltar apoio do governo federal a nenhum município do Amazonas durante essa cheia", enfatizou Adriano Pereira.
 
O secretário afirmou que a Sedec deve começar, nessa semana, a reconhecer a situação de emergência de algumas cidades sumariamente, antes que a solicitação pelo ente seja oficializada - tal procedimento ocorre em casos de eventos de grande intensidade e impacto, quando o desastre é público e notória.
 
O MI já liberou R$ 3,9 milhões para ações de socorro e assistência aos municípios das calhas dos rios Juruá e Purus. Desse total, R$ 1,7 milhão foi repassado aos municípios de Envira, Tapauá, Eirunepé, Canutama, Itamarati, Boca do Acre e Carauari e R$ 2,2 milhões para a compra de 5.850 kits de alimentos, 4 mil galões de água, 1,5 mil kits de higiene pessoal e 2.050 colchões.